Em março do ano passado, o Twitter alterou suas normas de conduta na rede, o que outras plataformas, como Instagram, Facebook e Flickr, já fazem esporadicamente. A mudança aconteceu sem alarde, e é possível ver por quê.

“Em 2019, o Twitter silenciosamente mudou seus termos de serviço para permitir discussões sobre ‘atração por menores’ com a condição de que ‘elas não promovam ou exaltem a exploração sexual infantil de forma alguma’. Os especialistas em proteção infantil e prevenção de abusos não foram consultados, porque nunca teríamos endossado essa mudança”, publicou no próprio Twitter o criminologista australiano Michael Salter.

Leia mais…

from Novidades do TecMundo https://ift.tt/3a8oMYa