O Instagram está removendo postagens que demonstram apoio ao general iraniano Qassem Soleimani, líder da Guarda Revolucionária Islâmica, morto em uma operação militar comandada pelos Estados Unidos no dia 2 janeiro envolvendo um drone.

O motivo é que a organização é considerada terrorista pelo país, que impôs sanções mais rígidas ao Irã nos últimos dias após uma retaliação pela morte do general. “Nós operamos dentro das leis de sanção do Estados Unidos, incluindo aquelas designações do governo norte-americano relacionadas à Guarda Revolucionária Islâmica e suas lideranças”, afirmou oficialmente o Facebook ao site da CNN Business.

Leia mais…

from Novidades do TecMundo https://ift.tt/2NkyJIf